Divulgação

Depois de percorrer 21 cidades em todas as regiões de Santa Catarina, respondendo mais de 500 perguntas sobre temas trazidos por 252 debatedores, as sabatinas regionais de Gelson Merisio, presidente do PSD de SC, chegaram ao fim na última sexta-feira em Chapecó. O projeto foi lançado em março e foi todo transmitido ao vivo pelo Facebook.

Esses debates permitiram que ficasse frente a frente com a imprensa local e lideranças de cada região para responder sobre suas ideias e projetos para áreas como saúde, segurança, educação, infraestrutura, corte de gastos e investimentos. As propostas fazem parte do seu Plano de Reorganização Administrativa, que é a versão preliminar do plano de governo de Merisio, pré-candidato do seu partido a governador de Santa Catarina.

Um dos temas mais abordados foi a questão da segurança pública, sempre enfatizada como prioridade por Merisio. “Cada funcionário a menos trabalhando com burocracia é um policial a mais nas ruas”, defendeu. Merisio abordou ainda a questão de enxugar os gastos administrativos do Estado e da máquina pública para ter recursos para investir na área, em especial em tecnologia. Para o pré-candidato, a pasta precisa de R$ 3 bilhões de investimentos nos próximos três anos para ampliar as soluções de inteligência na forças de segurança. Merisio respondeu ainda sobre questões locais de infraestrutura e investimentos.

Gelson Merisio começou e terminou as sabatinas na região Oeste, região onde nasceu. No sábado, 2 de junho, o PSD faz o lançamento da sua pré-candidatura a governador, que deve reunir milhares de pessoas em Chapecó para uma largada de ações rumo à convenção do partido na primeira semana de agosto. O evento vai ser transmitido pela página de Facebook fb.com.br/gelsonmerisio.

Comentários

comentários