Divulgação

Joinville – A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios (DH) de Joinville, realizou na manhã desta segunda-feira (29), uma operação policial com o intuito cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão.

Após intensa investigação, foi esclarecido o homicídio em que vitimou um jovem, de 20 anos, em 19 de outubro de 2017, na Zona Norte da cidade. Foram presos dois homens de 22 e 23 anos, que segundo as investigações, ostentam posição hierárquica distinta no quadro de membros do grupo criminoso, além de funcionarem como executores diretos de ordens emanadas do interior de unidades prisionais.

Foram apreendidas uma pistola de fabricação italiana, certa quantidade de drogas (ecstasy, cocaína, maconha e crack) e uma balança de precisão.

De acordo com a Polícia, o caso mostrou-se envolto em um contexto de administração de organização criminosa, revelando que a vítima foi morta por membros da própria facção da qual fazia parte. “A ordem para execução partiu de lideranças do grupo, em razão do comportamento indisciplinado da vítima que, dias antes, havia cometido dois outros homicídios sem a expressa autorização da facção”, explica um policial.

Além das ordens de prisão e busca e apreensão, os investigados responderão também pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. “As investigações prosseguem para tentar identificar outras lideranças do grupo”, concluiu.

Comentários

comentários