Divulgação

A DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso), com o apoio da DIC (Divisão de Investigação Criminal), Delegacia de Furtos e Roubos e da 1º Delegacia de Polícia, deflagrou nesta terça-feira, 5.fev.2019, em Chapecó, a Operação Vênus, que investiga uma família suspeita de agenciar prostituição de mulheres região. O grupo também mantinha uma boate, onde explorariam garotas de programa que frequentavam o local.

As líderes do grupo faziam anúncios na internet e passavam-se pelas mulheres exploradas, combinando o valor e o local. Depois de tudo acertado, outros garotos faziam o transporte das garotas, ficando com metade do valor pago.

Com a deflagração da operação, a Polícia Civil de Chapecó executou mandados de busca na residência do grupo e na boate. Foram apreendidos 51 celulares identificados com os nomes de garotas de programa anunciadas, além de agendas e um computador. A Polícia Civil aguarda agora o resultado da perícia dos itens apreendidos.

As apreensões foram realizadas pela policia civil.

Posted by Click Catarina on Thursday, February 7, 2019

Comentários

comentários