Divulgação

Foram apresentados nesta segunda-feira, 21, pelo Colegiado Superior de Segurança Pública, os números relativos a roubos, furtos e mortes violentas no Boletim Semanal de Indicadores da Segurança Pública de Santa Catarina. Neste período, que compara o intervalo compreendido entre 1 a 20 de janeiro, os números mantiveram-se reduzidos. 

Foram 462 roubos em 2019, 366 a menos que em 2018, o que representa o menor índice desde 2016. O mesmo acontece em relação a furtos, 2005 casos a menos que o mesmo período do ano passado. O número de homicídios também se mantém abaixo dos índices de outros anos, 46 em 2019. Em 2018, foram oito casos registrados a mais.

Estiveram presentes as reunião, realizada na Secretaria de Segurança Pública, o presidente do Colegiado, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior (atual Secretário de Segurança Pública e comandante-geral da Polícia Militar), o delegado-geral, Paulo Koerich (Polícia Civil), coronéis João Valério Borges e Edupércio Pratts (Corpo de Bombeiros), o diretor-geral Giovani Eduardo Adriano (Instituto Geral de Perícias), o diretor-geral do Colegiado, coronel Flávio Graff, além de integrantes da inteligência e estatística da SSP.

Seguindo a premissa de transparência do governador Moisés, as reuniões do Colegiado acontecem todas as semanas no Centro Administrativo da Secretaria da Segurança Pública. 

Comentários

comentários