• Notícias
More
    Início Notícias Economia e Negócios Santa Catarina quer retomar a exportação de pescados para União Europeia

    Santa Catarina quer retomar a exportação de pescados para União Europeia

    Em 2017, as exportações para União Europeia somaram US$ 2,48 milhões

    🕗 Publicado

    em

    - Publicidade -

    NEWSLETTER

    Receba notícias de Santa Catarina todos os dias em seu e-mail.

    Clique em "Assinar", confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
    Divulgação

    Maior produtor de pescados do Brasil, Santa Catarina se prepara para retomar as exportações para União Europeia. Uma parceria entre a Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca (SAP/MAPA) e a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca garantirá a inspeção nos barcos da pesca industrial e dará o primeiro passo para o retorno dos embarques de pescado para o bloco europeu. Os detalhes do acordo foram discutidos entre o secretário da Agricultura de Santa Catarina, Ricardo de Gouvêa, e o secretário Nacional da Pesca, Jorge Seif Junior, nesta segunda-feira, 25.mar.2019, em Florianópolis.

    “Estamos sensibilizados com o fim das exportações para União Europeia e vamos atuar em várias frentes para resolver esse problema. Eu conheço Santa Catarina e sei que aqui a parceria com o Governo do Estado irá trazer excelentes resultados”, ressaltou o secretário Jorge Seif Junior.

    A intenção dos dois secretários é assinar um termo de cooperação técnica para que a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) faça a inspeção dos barcos de pesca industrial aptos a exportar para a Europa. O trabalho será realizado seguindo um checklist enviado pela Secretaria Nacional de Pesca e, a partir disso, o Governo Federal poderá certificar as embarcações – requisito básico para a habilitação das exportações.

    Segundo o secretário Ricardo de Gouvêa, esse é um grande passo para a retomada das vendas internacionais: “Estávamos ansiosos para essa reunião com o secretário nacional da Pesca. Esta é uma das cadeias produtivas prioritárias para Santa Catarina, nós queremos construir um plano de trabalho para fortalecer e profissionalizar a pesca e a maricultura no estado”.

    A certificação da Cidasc terá abrangência em toda a costa brasileira, podendo ser feita inclusive em barcos de outros estados que estiverem em Santa Catarina. Isso é possível porque o estado aderiu ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA) – sistema que garante a inspeção e fiscalização de produtos de origem animal e vegetal de maneira uniforme e equivalente em todos as unidades federativas. Os profissionais da Cidasc poderão inclusive treinar equipes de outras regiões para replicar a ação realizada em Santa Catarina.

    Pesca em SC
    Santa Catarina é o maior produtor de pescado do Brasil. O setor gera 60 mil empregos diretos e indiretos no estado e abarca em torno de 60 indústrias. De acordo com o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), o valor das exportações catarinenses de pescado totalizou US$ 26,7 milhões em 2018. Em 2017, as exportações para União Europeia somaram US$ 2,48 milhões.

    O casal estava separado há cerca de quatro meses, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.

    Posted by Click Catarina on Tuesday, March 26, 2019

    COMENTE ABAIXO ⬇