• Notícias
More
    Início Notícias Três cadelas são resgatadas de maus-tratos pela Polícia Civil no Oeste Catarinense

    Três cadelas são resgatadas de maus-tratos pela Polícia Civil no Oeste Catarinense

    Após denúncias as cadelas foram encontradas com bastante desnutridas e doentes, fracas e acorrentadas

    🕗 Publicado

    em

    - Publicidade -

    NEWSLETTER

    Receba notícias de Santa Catarina todos os dias em seu e-mail.

    Clique em "Assinar", confirme seu cadastro na próxima tela e ative o cadastro em seu e-mail.
    Divulgação

    A Polícia Civil indiciou o caseiro J.M., 47 anos, por posse ilegal de arma de fogo com duplo calibre (espingarda .36 e .28) e maus tratos a animais. Preso em flagrante numa propriedade rural de Lebon Régis, ele está sujeito a penas que somadas podem chegar a seis anos de detenção.

    A investigação que motivou os mandados de busca e apreensão começou em dezembro de 2018, quando material fotográfico já indicava a suspeita de maus tratos. As cadelas foram encontradas com bastante desnutridas e doentes, fracas e acorrentadas. Em interrogatório ele admitiu que os animais estavam com ele há um ano o que aumenta a suspeita de que já sofriam maus tratos há um bom tempo.

    Na quarta-feira, 8.maio.2019, dia da apreensão, as fêmeas foram levadas para uma Organização Não Governamental (ONG) da cidade para tratamento. A repercussão do caso e a situação dos animais sensibilizou a comunidade e muitas pessoas procuraram a ONG para adoção. Nesta quinta-feira a Polícia Civil foi informada que as três cadelas foram acolhidas por uma família.

    O homem está preso em Caçador à disposição da Justiça.


    COMENTE ABAIXO ⬇